4 músicas incríveis de Boss

 

| Introdução

Todos sabemos o impacto que uma boa música causa naquele momento de batalha tão esperado do jogo, além de ser muito interessante ver a forma que uma trilha sonora pode mudar nosso sentimento e nos deixar mais concentrada ou mais descontraída.

Então nesse post temos quatro músicas de bosses que mais me impactaram. O critério de ordenação nesse caso é simplesmente por gosto pessoal mesmo.

| TOP 4

4) Shadow of the colossus – The opened way

Essa música, ao tocar durante a batalha, nos dá a sensação de estar em uma aventura épica. A apresentação dos chefões desse jogo desperta o sentimento de imersão a cada música e a cada batalha que se inicia. Essa combinação faz de Shadow of the Colossus um jogo muito influente para os jogos atuais. Um exemplo de jogos influenciado por ele é Zelda Breath of the Wild.

3) Cuphead – Floral Fury

Essa música tira a sensação de tensão que Cuphead tem, por ser um jogo difícil, e acaba por deixar um sorriso no rosto de quem o joga. Como ser brasileira e ver uma flor dançando samba e não se encantar, ou tentar dançar junto? Por maior que seja a dificuldade, acredito que morrer várias vezes nem vai ser tão ruim assim nesse caso 😉 .

2) Nier – A Beautiful Song

O primeiro boss de Nier mostra de imediato que o jogo é filosófico e marcante. Simone, a boss, é baseada na filósofa Simone de beauvoir.
Está filósofa tem a idéia de que não se nasce mulher e sim se torna. A história por trás desse boss é uma robô que se identifica como mulher e quer tornar-se uma, e para isso ela se adorna com peças de outras máquinas que ela matou para tentar se tornar mais feminina.
O combate é incrível e se encaixa muito bem com a música tocada e com a obsessão da personagem para se tornar bonita e ser considerada enfim uma mulher.
1) Persona 5 – Rivers In The Desert

Esta é a música final de boss do Persona 5. Posso afirmar que não só essa música, mas a trilha sonora inteira de Persona se adequa muito bem para cada situação. A sensação de estar fazendo algo grande por você e pelo mundo torna tudo emocionante. Inclusive foi um dos poucos jogos que me fez chorar. É impossível não ouvir “Rivers in the Desert” e não relembrar todas as emoções que esse jogo te fez sentir. Foi como fechar com chave de ouro um jogo que deveria ser jogado por todos.

| Resumindo

Acredito que quando uma música é adicionada a uma cena, ela tem o propósito de despertar um sentimento no jogador, seja ele alegria, tristeza, ou aumentar o “Hype” para a batalha.
Notar esses detalhes valoriza o trabalho dessas pessoas e torna a experiência de cada um de nós mais intensa. Espero que tenham gostado da minha visão sobre essas músicas citadas 🙂

Comentários