Quem é a Vanillaware?

| Introdução

A Vanillaware é uma empresa de desenvolvimento de jogos que sempre que lança um novo título é elogiada pela sua arte única. Conhecer, reconhecer e prestigiar os títulos desta deveria ser algo comum entre os apaixonados por videogame, pois é o inovador que faz a indústria desta área crescer e evoluir.

| História

A característica mais marcante dos jogos da empresa Vanillaware ficou evidente desde seu primeiro título: sua arte 2D, que se assemelha a uma pintura. A animação é feita por um editor baseado em Flash criado pela própria empresa, e embora alguns inimigos pareçam ser feitos em 3D a modelagem é toda a mão.

Sediada em Osaka no Japão, a empresa fundada por George Kamitani é independente, e atualmente conta com 29 funcionários, e cuja grande maioria são artistas, e tem como foco trabalhar com um único jogo por vez.

George Kamitani começou sua carreira como artista de jogos na década de 80, e trabalhou com empresas como Capcom e Atlus. Em 1997, trabalhando para a Atlus, foi o responsável por dirigir o jogo Princess Crown para Saturn. Apesar de ter sido um fracasso comercial em seu lançamento, o jogo recebeu diversos reviews positivos pelos críticos e foi muito elogiado por sua arte diferenciada.

Em 2002, Kamitani fundou uma empresa com o nome Puraguru, que mais tarde o nome seria alterado para Vanillaware.

O jogo Princess Crown serviu como o ponto inicial para o primeiro grande projeto da empresa, já que Kamitani gostaria de fazer uma continuação do mesmo. Deu-se início então ao desenvolvimento do jogo Odin Sphere, que veio a ser o seu sucessor espiritual.

Odin Sphere foi lançado em 2007 para Playstation 2 e considerado um sucesso comercial e de crítica. O grande sucesso do título permitiu ao estúdio realizar vários outros jogos de renome. Os próximos projetos que vieram para o ocidente foram: Muramasa: The Demon Blade para o Wii e Dragon Crown para Playstation 3 e Playstation Vita. A venda destes jogos foram boas e também agradaram a crítica.

Nos anos seguintes esses jogos receberam melhorias e lançados para outras plataformas. Muramasa foi melhorado e lançado para PS Vita em 2014. Em 2016 foi a vez de  Odin Sphere receber remake, entitulada Leifthrasir, para Playstation 3, Ps Vita e Playstation 4 ,e por fim Dragon Crown Pro foi lançado para PS4 em 2018. Para se ter uma idéia das críticas ao jogos, a tabela abaixo apresenta a pontuação recebida por cada um:

 

Jogo Metacritic Opencritic
Muramasa: The Demon Blade(PS Vita) 78
Dragon Crown Pro(PS4) 80 80
Odin Sphere(PS4) 87 88

 

Neste ano de 2020, o mais novo jogo da Vanillaware, 13 sentinels: Aegis Rim, teve o lançamento para a América anunciado, vindo para Playstation 4. O jogo já foi lançado no Japão no final de 2019 e concorreu pela Famitsu  Awards aos prêmios de Jogo do Ano, Melhores Gráficos, Melhor Novato, Melhor Cenário e Melhor Aventura. Nas duas últimas categorias citadas o jogo ganhou. Esse resultado da premiação pode ser visto no site Siliconera com mais detalhes.

| Jogos

Neste tópico será apresentado um pequeno resumo de cada um dos jogos que se destacaram no ocidente.

Odin Sphere
odinsphere post - Quem é a Vanillaware?

Odin Sphere é um RPG de Ação. A arte do jogo incorpora a mitologia nórdica, William Shakespeare e os contos de fada. A história ocorre em Érion, durante uma guerra entre as nações de Ragnanival e Ringford. Estas nações são governadas respectivamente por Demon Lord Odin e Fairy Queen Elfaria.

No decorrer do jogo, que é dividido em capítulos, seguimos personagens diferentes: Gwyndolyn, Mercedes, Oswald, Velvet e Cornelius. Cada um dos personagens tem diferentes poderes e são de diferentes culturas. Jogaremos então comm fada, valquíria, guerreiro, bruxa e um príncipe que se tornou um Pooka.

A diferente visão de cada capítulo atiça a curiosidade para entender o que aconteceu e quem esta correto. Além disso, cada um dos personagens apresenta uma jogabilidade diferente, o que faz com que capítulo traga novidades também no gameplay.

Muramasa: The Demon Blade

muramasa post - Quem é a Vanillaware?

Muramasa é um RPG de Ação. A história do jogo se passa na ilha do Japão chamada Honshu, e é baseada no folclore japonês. Neste universo existem duas lâminas demoníacas, estas tem como características fazer com que aqueles que a manuseiam sejam forçados a tirar vida de outros, antes de levá-los à loucura e perdição.

O jogo constitui de dois personagens principais, os quais o jogador irá controlar em diferentes momentos da história. Uma delas é Momohime, uma mulher que é possuída por um espírito que procura vingança. O outro é Kisuke, um jovem que tem uma ligação com a história de Momohime e um crime ao qual não se lembra.

Cad personagem pode equipar até 3 espadas diferentes, podendo forjar dezenas de espadas diferentes durante o jogo. A espada responsável por dar o nome do jogo, Oboro Muramasa, é a mais poderosa do jogo, e necessária para liberar o final verdadeiro.

Dragon Crown
dragoncrown post - Quem é a Vanillaware?

Dragon Crown é um RPG de ação. O jogo se passa no reino de Hydeland, o jogador assume uma das 6 diferentes classes permitidas, Dwarf, Sorceress, Elf, Fighter, Amazon e Wizard. Após o personagem selecionado vamos em busca de resolver a principal missão estabelecida que é encontrar a reliquia Dragon’s Crown. Esta é uma coroa que deve permanecer na mão de boas pessoas para que nada de ruim ocorra.

No meio da aventura passaremos por masmorras, cavernas e castelos, enfrentando monstros e dragões. Podemos ser acompanhados com três outros personagens escolhidos por nós, ou até mesmo fazer uso do online de forma cooperativa.

Comentários