6 jogos que vão virar séries/filmes

| Introdução

The Witcher se tornou uma das séries mais bem sucedidas da Netflix, em 2019. Isso deu o impulso que faltava para que muitos estúdios ligados a séries e filmes prestassem mais atenção ao mercado de jogos, e a potenciais futuros sucessos. Assim, os jogos que fizeram  sucesso, ou que tiveram uma grande visibilidade, acabam sendo cobiçados para adaptações. Isso é bom para indústria de jogos, e para os fãs desses títulos, já que uma série é uma forma de divulgar um jogo, podendo atrair um novo público, que antes não tinha interesse, e  é também uma oportunidade de expandir o universo do game.

 

Você, caro leitor, pode encontrar no site Garota no Controle, uma lista com alguns jogos que viraram quadrinhos, e de filmes baseados em jogos. É muito interessante para gamers conhecer as outras mídias que vão ser criadas para expandir ainda mais o mundo do seu jogo preferido. Muitas vezes é necessário passar por todas as mídias para entender completamente o universo, pois cada uma tem uma forma diferente de passar a informação, e suas histórias geralmente estão ligadas. Esse post em específico, é focado em séries baseadas em jogos que ainda estão por vir. Confira.

 

| TOP 6

 

Cuphead

cuphead 1 - 6 jogos que vão virar séries/filmes

A série será baseada no mundo e na arte do jogo Cuphead. Este é um jogo que fez muito sucesso com seus produtos licenciados, principalmente pela sua aparência, similar às animações clássicas da Disney na década de 1930, e ao seu bom humor e a trilha sonora espetacular.

A série será feita pela Netflix, com os criadores do jogo, os irmãos Chad e Jared Moldenhauer fazendo parte da equipe de produção. Além destes, completarão a equipe Dave Wasson, responsável por Mickey Mouse Shorts, e Cosmo Segurson de A Vida Moderna de Rocko: Static Cling,

Até agora temos apenas uma imagem mostrando um pouco sobre a animação e a informação de que foram encomendados 11 episódios com cerca de 10 minutos cada.

The Last of Us

thelastofus 2 - 6 jogos que vão virar séries/filmes

A trama será adaptada pela HBO, que é conhecida pelo sucesso de séries como Game of Thrones e Chernobyl. A série será dirigida por Craig Mazin, o mesmo de Chernobyl.

Craig Mazin, que foi muito elogiado pela sua mini série que lhe rendeu vários prêmios, parece estar entusiasmado pela oportunidade de trazer o jogo para a série de TV. O roteirista e diretor do game, Neil Druckmann, é considerado um dos melhores escritores de jogos, já que o jogo The Last of Us concorreu a vários prêmios e foi eleito por muitos o jogo da década. Neil também fará parte da adaptação.

A série deve ter foco no primeiro jogo, mas não foi descartado e nem confirmado eventos referente ao segundo jogo.

Fallout

fallout - 6 jogos que vão virar séries/filmes

O anúncio de Fallout foi feito recentemente pela Amazon, e ainda pouco se sabe sobre em que situação a série vai se passar. A parceria com a Bethesda acontece depois de anos de planejamento sobre como trazer a franquia de RPG para a TV.

A Amazon atualmente vem investindo pesado em suas séries próprias para conseguir um público tão grande quanto a Netflix. Um exemplo de uma série com investimento pesado é a do Senhor dos Anéis, que não saiu ainda, mas já é muito aguardada.

A responsável pela criação da série é a Kilter Films, a mesma que produziu Westworld para a HBO.

Indivisible

indivisible - 6 jogos que vão virar séries/filmes

Embora seja um pouco menos conhecido, o jogo Indivisible é um RPG com uma história muito interessante. A aldeia onde Ajna vive é atacada, e seu pai acaba morrendo. Ajna então tem que usar o conhecimento adquirido em seus treinamentos para buscar vingança pelo seu pai e sua aldeia.

Pode parecer uma história comum, mas todos os aliados encontrados no caminho de sua jornada ficam na mente dela, e saem apenas no momento da luta, inclusive o soldado responsável pela morte do seu pai. O jogo apresenta traços muito bonitos e uma jogabilidade empolgante.

A produção está por conta dos estúdios DJ2 Entertainment e Legendary Television. A DJ2 Entertainment é especializada por adaptar videogames para filmes e TV. A maior bilheteria de um filme baseado em jogos foi de sua produção, Sonic – O Filme. O Roteiro está nas mãos de Meg LeFauve de Inside Out e Jonathan Fernandez de Rob The Mob.

Dragons Dogma
dragonsdogma - 6 jogos que vão virar séries/filmes

Para surpresa de muitos, a Netflix anunciou recentemente que, o não tão popular RPG ocidental, Dragon’s Dogma, vai virar um anime. O lançamento já está marcado para 17 de setembro. A história do anime será a mesma do jogo.

O personagem principal tem seu coração arrancado por um dragão, mas acaba ressuscitando. Vivo novamente, seu objetivo passa a ser encontrar o Dragão e se vingar. Não vai ser tão fácil assim, já que no caminho haverá muitos demônios, que inclusive são alegorias que se referem aos pecados capitais.

Disco Elysium
disco elysium post - 6 jogos que vão virar séries/filmes

O jogo Disco Elysium ganhou muitos prêmios em 2019, inclusive foi o maior ganhador do The Game Awards (TGA), concorrendo em quatro categorias, e ganhando em todas: melhor narrativa, melhor jogo independente, melhor jogo de RPG e melhor estreia independente.

Poucas informações existem ainda sobre o live-action. É esperado que o roteiro reflita a história do jogo, então podemos esperar por um detetive que encontrará difíceis decisões a serem tomadas.

O anúncio do live-action é recente, feito junho, sabemos apenas que será produzido pela Dj2 Entertaiment, assim como Indivisible.

 

 

| Resumindo

A expansão  para diferentes mídias, é sempre bem-vinda. Ajuda em muitos casos a nos recordar de tudo que já passamos ao jogar, e em outros, a saber muito mais sobre o mundo já criado nos jogos. Muitas das séries citadas acima com certeza terão investimentos extremamente altos pelo sucesso existente nos jogos que se baseiam. Outras não são tão conhecidas, mas farão com que os jogos se tornem conhecidos e até vendam mais. Espero que essa lista ajude a mais pessoas desfrutarem desses conteúdos, ou até, ajude a conhecer a existência destes.

Comentários